Imperium
Model: 2020
Product ID: 673
Product SKU: 673
New In stock />
Manual Prático dos Registros Públicos

Manual Prático dos Registros Públicos

Marca: Imperium
Modelo: 2020
Disponibilidade: Imediata
aguarde, carregando preço...
 
Simulador de Frete
- Calcular frete
  • Autor(es): Gilberto Macedo Gomes

    Edição: 1ª

    Ano: 2020

    Paginação: 924

    ISBN: 9788599202999

    Acabamento: Brochura

    Formato: 16x23

     

  •  

  • O Brasil possui, de acordo com a Associação dos Notários e Registradores do Brasil – ANOREG/BR, 13.627 cartórios. Por força de norma constitucional, o acesso deve se dar por concurso de provas e títulos.

  •  

  •  

  •  

     

    Muito embora não seja tecnicamente adequado valer-se da nomenclatura cartório, já que o termo foi suprimido pela CF/1988 – e alterado para serventias notariais e de registro –, o uso permanece.
  •  

  •  

  •  

     

    Temos um dos clássicos casos em que o nome não é absorvido pelo cotidiano, mesmo pelos operadores do direito.
  •  

  •  

  •  

     

    Apesar de já terem sido apenas sinônimo de burocracia, os cartórios cumprem importante papel na desjudicialização, facilitando o acesso à justiça e ao exercício de direitos dos cidadãos, de forma mais prática e rápida. Além disso, alimentam bancos de dados, arrecadam tributos, emitem CPF, prestam informações ao Poder Judiciário, e muitos atos são gratuitos.
  •  

  •  

  •  

     

    Pensando nisso, foram divididas de forma a tratar separadamente das espécies de serventias extrajudiciais existentes e esta, pretende uma abordagem do que é comum a notários e registradores.
  •  

  •  

  •  

     

    Trataremos de espécies notariais e registrais, além de outros aspectos bastante relevantes – emolumentos, sanções, deveres e direitos dos profissionais. Tratamos, com maior ênfase, da Lei 8.935/1994, além de outras leis diretamente ligadas a aspectos gerais, bem como de resoluções e provimentos do CNJ relacionados aos pontos abordados.

    Então, há bem mais que apenas a Lei 8.935/1994. Quando necessária, a jurisprudência também marcará presença.

  •  

  •  

  •  

     

    O Serviço Registral é uma instituição secular, sinônimo de garantia jurídica do direito de propriedade.
  •  

  •  

  •  

     

    Vigora em nosso ordenamento jurídico o sistema de transmissão da propriedade imobiliária através de registro de direitos, conferidos ao ato do registro alguns efeitos jurídicos tais como a presunção de legitimidade e inoponibilidade de títulos não registrados.

    Cumpre ao ofício imobiliário os papéis de controle do tráfego imobiliário e outorga de efeitos oriundos do registro.

  •  

  •  

  •  

     

    O legislador, no Código Civil afirma que os direitos reais sobre imóveis constituídos, ou transmitidos por atos entre vivos, só se adquirem com o registro no Serviço de Registro de Imóveis dos respectivos títulos e enquanto não se registrar o título translativo, o alienante continua a ser havido como dono do imóvel.
  •  

  •  

  •  

     

    O Serviço registral através dos tempos acompanha as mudanças sociais, tecnológicas e culturais, que, em razão de sua importância e abrangência exige que os Operadores do Direito mantenham-se atentos e atualizados para cumprir sua nobre função.
  •  

  •  

  •  

     

    Nesta obra, o autor trata do Teoria Geral dos Atos Notariais, Registro Civil de Pessoas Naturais, Registro Civil de Pessoas Jurídicas, Registro de Imóveis, Registro de Títulos e Documentos, Tabelionato de Notas e Tabelionato de Protesto, disponibilizando doutrina, legislação, jurisprudência e modelos online.
  •  

    Teoria Geral dos Atos Notariais
  • Registro Civil das Pessoas Jurídicas
  • Registro Civil das Pessoas Naturais
  • Registro de Imóveis
  • Registro de Títulos e Documentos
  • Tabelionato de Notas
  • Tabelionato de Processos

TEORIA GERAL DOS ATOS NOTARIAIS

DIREITO NOTARIAL E REGISTRAL

1 – CONSIDERAÇÕES INICIAIS

2 – NOÇÕES DE DIREITO NOTARIAL

2.1. Conceitos

2.2. Fontes

2.3 – Tipos de notariado

a) Notariado latino

b) Notariado anglo-saxão

2.4 – Características da função notarial

2.5 – Natureza e fins dos serviços notariais e registrais

2.6 – Ingresso na atividade

3 – HISTÓRIA

3.1. O Direito Notarial na Antiguidade

3.2. O Direito Notarial no Brasil

4 – EVOLUÇÃO DAS TÉCNICAS DE ESCRITURAÇÃO DE ATOS

5 – DEONTOLOGIA

5.1. – Deveres

5.2. – Direitos

6 – PRINCÍPIOS NORTEADORES

6.1 - Princípios específicos do direito notarial

7 - GÊNEROS E ESPÉCIES DE ATOS NOTARIAIS

a) Gêneros e espécies dos serviços

b) Atribuições e competências dos Notários

c) Gêneros e espécies de atos/documentos notariais

d) Elementos fundamentais do ato notarial

8 - DELEGAÇÃO

a)Extinção da delegação (art. 39)

b) Responsável pelo serviço não é concursado

9 - ASPECTO INSTITUCIONAL DOS SERVIÇOS NOTARIAIS

9.1 – Prepostos e substitutos

9.2 – Impedimentos e incompatibilidades

10 - EMOLUMENTOS

10.1. - Particularidades

10.2 - Emolumentos e direitos

10.3 - Emolumentos e deveres

10.4 - A questão da renda mínima

11 - RESPONSABILIDADE CIVIL, PENAL E DISCIPLINAR

11.1 – Responsabilidade civil

11.2 – Responsabilidade penal

11.3 – Responsabilidade disciplinar

11.4 – Fiscalização dos serviços

12 - COMPETÊNCIA MATERIAL E TERRITORIAL NAS DIFERENTES ESPECIALIDADES.

Tabeliães de Notas

Tabeliães e oficiais de registro de contratos marítimos

Tabeliães de protesto de títulos

Oficiais de registro em sentido amplo

Oficiais de registro de imóveis

Oficiais de registro de títulos e documentos e civis das pessoas jurídicas

Oficiais de registro civis das pessoas naturais

Ofício de registro de títulos e documentos

Oficiais de registro de distribuição

 

13 - ESCRITURAÇÃO DOS LIVROS E EXPEDIÇÃO DE DOCUMENTOS

 

14 - GESTÃO DOCUMENTAL

14.1 - Conservação

14.2 - Microfilmagem

14.3 - ICP-Brasil

 

15 – CENTRAIS DE SERVIÇOS ELETRÔNICOS COMPARTILHADOS

 

16 – PUBLICIDADE E RESTRIÇÕES

 

17 – PROCEDIMENTO DE DÚVIDA E PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS

 

18 – CENTRAL DE INDISPONIBILIDADE DE BENS.

 

18.1 – PROVIMENTO Nº 39/2014 DO CNJ

FISCALIZAÇÃO

FINALIDADE

OBJETIVOS

ACESSO, ALCANCE E CANCELAMENTO DAS ORDENS DE IN-DISPONIBILIDADE

Acesso

Alcance

Cancelamento

USUÁRIOS

DEVERES

Manutenção e arquivamento

OBSERVAÇÕES

 

19 – CONVENÇÃO DA APOSTILA DE HAIA

19.1 – Resolução 228/2016 – regulamento da Convenção de Apostila

e Provimento 62/2017 do CNJ – os procedimentos das autoridades competentes para a aposição de apostila

 

REGISTRO CIVIL DE PESSOAS NATURAIS

 

INTRODUÇÃO

1. Dimensão do RCPN

2. Gratuidade

3. Políticas Públicas

3.1. Unidades Interligadas

4. Individualização

 

FINALIDADE, EFEITOS E PRINCÍPIOS DO RCPN

1. Autenticidade, Segurança, Publicidade e Eficácia

2. Princípios do RCPN

 

LIVROS E ATOS DO RCPN

1. Atos

1.1. Registro

1.2. Averbação e Anotação

2. Livros do RCPN

3. Escrituração e forma dos livros do RCPN

4. Escrituração - Registro eletrônico

 

LIVROS E CLASSIFICADORES

1. Distinção entre livro e classificadores

2. Lista de livros indispensáveis no RCPN

3. Classificadores Indispensáveis no RCPN

4. Averbações

5. Conservação do Acervo

6. Qualificação Registral e Procedimento

6.1 Averbação

6.2 Nota Devolutiva

 

EMOLUMENTOS E GRATUIDADE

 

NASCIMENTO

REGISTRO DE NASCIMENTO

1. Características do registro de nascimento

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características